Home
About Tumblr
Ask
Textos
Créditos

E nós vamos nos beijar na chuva. Eu vou calar sua boca com um beijo e nossas brigas vão acabar na cama. Eu  vou te observar enquanto você dorme e vou fazer cafuné em você quando você estiver com a cabeça deitada no meu colo. Vamos passar tardes assistindo filmes românticos debaixo das cobertas e comendo brigadeiro. Também vamos passar madrugadas acordados conversando. Nossos planos vão se concretizar. Eu não vou ficar com vergonha conhecendo sua família.Vamos contar aos nossos filhos a longa e estranha história sobre como nos conhecemos. As pessoas  vão olhar pra nós e falarem sobre como nós somos bonitinhos juntos.Vamos discutir sobre quem vai levantar pra apagar a luz do quarto. Vamos ter um futuro.Tudo isso vai acontecer.Porque nós dois fomos feitos pra ficarmos juntos.


Postado em 26/Abril | | Reblog this!

um-principe-sonhador:

Com o tempo aprendemos que existem amizades e amizades, algumas você tem a certeza de que vai durar para sempre e outras duram somente alguns anos… Mas isso não quer dizer que não foi verdadeiro, e sim que durou o tempo certo para ser inesquecível.

                       (um-principe-sonhador.tumblr)

(via everything--about--us)

Postado em 25/Abril | 46 (Source) | Reblog this!

(via dropustothemoon)


Video 9/Março | 2344 (Source) | Reblog this!

(via issecrety)


Video 9/Fevereiro | 51921 (Source) | Reblog this!

(via issecrety)


Video 1/Fevereiro | 10374 (Source) | Reblog this!

(via issecrety)


Video 1/Fevereiro | 8071 (Source) | Reblog this!

(via p-perfecttwoo)


Video 31/Janeiro | 25884 (Source) | Reblog this!
Dói sentir que tá perdendo alguém, não é?

Vem cá. Me dá a sua mão. Coloca sobre meu peito. Agora escuta. Olha o tumtumtum. Você pode me ouvir? É pra você, seu besta! É por você que meu coração bate! (Ele, que de tanto bater, parou sem querer outro dia). Posso confessar? Jura que vai acreditar em mim? A verdade é que estou de saco cheio de histórias românticas. Meus casos de amor já não têm a menor graça. Será que você me entende? Eu não escrevo porque vivo amores cinematográficos e quero contar pro mundo. Não!! Eu escrevo porque eu sou uma maluca. Minha vida é real demais. Um filme B pra ser mais exata. E eu não acho graça em amores sem final feliz. Por isso, invento. Pro sangue correr pelas veias, pra lágrima cair dos olhos, pra adrenalina sacudir o corpo. Eu invento amores pra ver se eu acredito em mim. (Acredita?). Mas hoje eu estou cansada. Estou cansada de mentiras, de realidade, de telefone mudo e de músicas sem letra. Estou cansada de escrever sobre o meio ambiente, redigir manifestos contra o uso de peles de animais em casacos, falar sobre o que será a moda nas ruas. Hoje não! Uma hora eu escrevo sobre isso, sei lá. Mas deixa primeiro eu salvar a MINHA pele. Me deixa ser egoísta. Me deixa fazer você entender que eu gosto de mim e quero ser preservada. Me deixa de fora de suas mentiras e dessa conversa fiada. Eu sou uma espécie quase em extinção: eu acredito nas pessoas. E eu quase acredito em você. Não precisa gostar de mim se não quiser. Mas não me faça acreditar que é amor, caso seja apenas derivado. Não me diga nada. (Ou me diga tudo). Não me olhe assim, você diz tanta coisa com um olhar. E olhar mente, eu sei! E eu sei por que aprendi. Também sei mentir das formas mais perversas e doces possíveis. (Sabia?) Mas meu coração está rouco agora. GRAVE! Você percebe? Escuta só como ele bate. O tumtumtum não é mais o mesmo. Não quero dizer que o tempo passou, que você passou, que a ilusão acabou, apesar de tudo ser um pouco verdade. O problema não é esse. Eu não me contento com pouco. (Não mais). Eu tenho MUITO dentro de mim e não estou a fim de dar sem receber nada em troca. Essa coisa bonita de dar sem receber funciona muito bem em rezas, histórias de santos e demais evoluídos do planeta. Mas eu não moro em igreja, não sou santa, não evoluí até esse ponto e só vou te dar se você me der também. Pode rir, é isso mesmo. Não vou fingir ser o que não sou. Quer me tratar bem? Amém! Se não quiser, vá com Deus, não me procure mais! Amor incondicional é muito bonito. Mas eu só tenho por mim, pela minha família. E pelos meus gatos. De resto, sou igual bicho. Me morde e eu te como. Com as minhas palavras. Que são meu maior mel. E meu melhor veneno.


Postado em 29/Janeiro | | Reblog this!

ofazdecontaqueacontece:

Pode pegar, se eu joguei fora é porque não me serve mais. São os sapos que se transformam em príncipes, não os cachorros. E em terra de Leoa meu bem, cachorra não tem vez!

(via the-sweetpoison)


Postado em 27/Janeiro | 8 (Source) | Reblog this!
Página 1 de 14 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 »